Day Trade Show o Portal do Trader Que Gosta de Gritar Gain

forex e indices

Entenda o que é forex e índices

 Salve, Salve Galerinha! Tudo bão com vocês? Day trade Show na área! Vamos conhecer sobre dois importantes ativos do mercado financeiro?!

            Você já ouviu falar sobre a metáfora do Touro e do Urso? Estes dois personagens são bem conhecidos no mercado financeiro, chegando ao ponto de se dizer que “o mercado nada mais é que uma constante briga entre o touro e o urso”.  

            O urso quando ataca a “patada” vem de cima para baixo, empurrando o seu adversário (o mercado) para o fundo. Já o Touro usa seus chifres para atacar de baixo pra cima, atirando o mercado para o alto. Nesse cenário o touro indica tendência de alta (bullish) e o urso tendência de baixa (bearish).

             Mas não só de animais se faz o mercado financeiro, basicamente existe três pilares que sustentam e norteiam a atividade do trader: Modalidade Operacional, ativo a ser trabalhado e técnica utilizada.   

          Há inúmeros ativos financeiros à disposição no mercado e, para cada combinação entre perfil pessoal e modalidade operacional, sempre existirão ativos adequados.   Dois ativos importantes e extremamente buscados pelos operadores de mercado, sejam eles day traders ou não, são o Forex e CFDs. Vamos conhecer um pouco sobre?! 

Forex 

        É importante saber que, seja qual for o seu perfil, o mercado financeiro irá te atender, pois apresenta possiblidades super diversificadas. Uma das alternativas de alta rentabilidade e de lucros agressivos está no Forex Trading. Mas afinal, o que é esse tal de Forex?  

       O Forex- FX (Foreign Exchange Market) é um mercado global, virtual e descentralizado, onde ocorre a troca de todas as moedas mundiais. Criado em 1971, movimenta grandes quantias de dinheiro diariamente (é o maior e mais liquido mercado mundial). Estima-se que o volume de transações diárias representa um total entre 1 e 5 trilhões de dólares.  

       Inicialmente restrito a operadores institucionais (grandes players do mercado financeiro), tornou-se acessível a operadores individuais (varejo), graças à evolução tecnológica e à crescente globalização dos fluxos financeiros. 

      O Forex é operado 24 horas por dia (entre 22h de domingo e 22h de sexta-feira), de forma quase ininterrupta, negociando quatro principais pares de moedas, ao redor do mundo, desde Sidney (Austrália), passando por Tóquio (Japão), Londres (Reino Unido) e Nova York (EUA). 

      Sempre é válido ressaltar que Forex e bolsa de valores são oportunidades distintas. As operações no Forex envolvem a compra de uma moeda simultaneamente com a venda de outra (você negocia moedas em pares, especulando que o valor de uma das moedas vai subir ou cair em relação a outra). Podemos tomar como exemplo um operador de mercado trabalhando com o EUR/USD, ele não compra euro ou dólar, fisicamente, mas uma relação monetária de troca entre eles. Portanto ele é remunerado pelas diferenças entre a valorização destas moedas. 

       Apesar de ser um mercado internacional, as corretoras que oferecem transações no Forex são registradas nos órgãos governamentais dos países em que atuam, como nos EUA e no Reino Unido. No Brasil, as corretoras nacionais, não são autorizadas a distribuir esse tipo de papel, mas é permitido que todo brasileiro mantenha transações no exterior, que podem estar em forma de Forex. Portanto, para entrar no mercado, é necessário uma corretora no exterior e precisa declarar os impostos quando retornar o capital ao Brasil. 

      O Forex não se destina apenas a operadores de mercado, engloba também pessoas/empresas que realizam transações com divisas (importadores e exportadores) e que necessidades relacionadas a moedas estrangeiras. No entanto, devido às suas características peculiares, a maioria do volume negociado é de operadores, buscando lucrar ou especular.  

     Devido à sua enorme volatilidade, é um mercado que tende a exercer um fascínio muito grande nos iniciantes com promessas de grandes lucros com pouco investimento, graças a alta alavancagem que pode ser até de 400 vezes o valor investido. Isso serve de alerta no sentido que, dá mesma forma que em minutos pode-se ganhar muito, também pode-se perder! Essa alta volatilidade é o que torna o Forex propício à operações curtas, como o day trade. 

Mercado de Índices 

Mercado de Índices

        O mercado de índices é certamente um dos mais importantes para os operadores de mercado. O primeiro índice, o Dow Jones Average, foi criado por Charles Dow, em 1884.  

        Os índices são usados para descrever o desempenho do mercado de ações ou uma parte específica desse mercado e comparar os retornos dos investimentos. Em geral, um índice usa uma média ponderada dos preços das ações. São agrupados em três classes distintas: 

  • Índices principais: correspondem ao desempenho de um mercado específico. Seu cálculo é pautado no conjunto das grandes empresas nacionais listadas nesse mercado. Para a Bolsa brasileira, é o IBOVESPA que é o índice principal; o DAX 30 na Alemanha, etc. 
  • Índices setoriais: correspondem ao desempenho de um setor de atividade mais específico, como as novas tecnologias. Eles são calculados levando em conta todas as empresas listadas em uma ou mais Bolsas de Valores atendendo os mesmos critérios preestabelecidos. O NASDAQ é um exemplo. 
  • Índices regionais: similar aos índices principais, mas podem corresponder a vários mercados de uma mesma zona geográfica. É o caso dos índices os índices americanos como o DOW JONES. 

      O Contrato por Diferença – CFD (Contract for Difference) é um instrumento que permite aproveitar os movimentos no preço dos diferentes índices estrangeiros.  As CFDs viabilizam negociações de qualquer quantia nesses índices tomando posição para a compra ou a venda (alta ou queda do título). Aqui ganhos ou perdas são gerados pela diferença entre a cotação no momento da entrada e na hora do seu encerramento, subtraindo o spread.

      Uma das vantagens dos CFD é que eles oferecem uma possibilidade de alavancagem permitindo um bom lucro mesmo com uma pequena diferença nas cotações. 

       A tabela a seguir, lista dos principais índices e suas informações mais relevante. Considerando sempre o horário de Brasília.  

País  Bolsa  Índice importante  Abertura  Fechamento    
Estados Unidos  NYSE  S&P 500  10:30h  17:00h 
Estados Unidos  Nasdaq  Nasdaq Composite  10:30h  17:00h 
Alemanha  FSE  DAX 30  04:00h  13:30h 
França  EuroNext  CAC 40  04:00h  12:30h 
China  SSE  Shanghai Composite  22:30h  04:00h 
Japão  TSE  Nikkei 225  21:00h  05:30h 
Brasil  BM&FBovespa  Ibovespa  10:00h  17:00h 

COMPARTILHAR ARTIGO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Categorias

Mais Populares:

© 2019 Todos os Direitos Reservados

Feito por ❤ Empresariado Web